O Farol e o Cassino
Sexta Abril 28, 2017
Registro

O Farol e o Cassino

O FAROL QUE BRILHOU UMA NOITE

Situado em frente à cascata, ao lado do Parque Wenceslau Braz, o Farol de 16 metros foi projetado pelo engenheiro arquiteto Paulo Schroeder em 1910. Segundo o historiador Armindo Martins, teria funcionado apenas no dia 24 de abril de 1911, na festa de inauguração do complexo, iluminando a cidade e o Lago. Já o astrônomo amador, Antônio C. Martins de Carvalho, informa que o Farol teria como função homenagear a República. Da sua parte superior uma pessoa poderia ver, no dia 15 de novembro, o Sol se por no meio do telhado do salão principal, ocorrendo o mesmo na época do solstício de verão.

 

 

PALÁCIO DO CASSINO

A Obra prima do Eng. e Ex. Prefeito Américo Werneck, é um dos principais atrativos turísticos de Lambari, sua construção iniciou-se em 1909 e inauguração em 24/04/1911.

De acordo com a história, o Cassino só funcionou na sua noite de inaguração. Para sua construção, foram importados da Inglaterra: azulejos, ladrilhos, vasos sanitários, entre outros e da França as famosas telhas francesas. Sua decoração foi feita por chineses e japoneses, vindo de seus respectivos países, com requintado bom gosto e arte.

Por ter passado por cinco reformas, o Palácio do Cassino compreende um conjunto arquitetônico Eclético com características neoclássicas.
Hoje, tombado pelo Instituto Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico – IEPHA/MG. Abriga a Biblioteca Municipal Antônio Basílio de Magalhães, a Secretaria de Turismo e Cultura e funciona